Publicado por: A Ovelha Perdida | 22 de Dezembro de 2011

Um poema dedicado ao SOS Bebé

No quadro brilha bebé,
Naquele sorrir de alegria,
Como semente a florir,
De olhos azuis do mar;
Rosado na face, o menino
Que nos deixa a pensar…
Fosse o sonho belo destino!
O Social descreve com fé,
Com arte e com magia;
Alerta para o sentir –
Pergunta ao Mundo,
Profundo …
No seu silêncio, a clamar!!!
Porque há tanta POBREZA?
Só o Homem não quer ver…
Escravatura
Humilhação
Como é grande a certeza!
Sonolenta a loucura
Ambição
Ou, talvez por avareza
Ele, não queira combater,
O bater dum coração.

Setúbal, 16/11/2009
Inácio Lagarto


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: